20 Exemplos de Marketing de Conteúdo

marketing de conteudos exemplos

Marketing de conteúdo exemplos e formatos

Um blogue não é um jornal. Um site não é um artigo académico. Lembre-se que no mundo online deverá adapatar a sua escrita! Além da escrita, aprenda também a usar vários tipos de conteúdo, isto é formatos para apresentar o conteúdo. Na Internet é importante cativar o utilizador, surpreender. Transforme mensagens complicadas em ideias simples de ler e partilhar, que os leitores queiram PARTILHAR Confira vários tipos de conteúdo!

1. Apresentar online relatórios. Apresentar números. Apresentar gráficos

Na Internet, toda a gente parece adorar informação numérica. Convenhamos: é uma forma fácil de consumir e diferir a informação, sendo também informativo e fácil de partilhar.

2. Criar infografias online

marketing-de-conteudo

Infografia retirada do jornal Público Alie números a imagens apelativas e criativas e tem aqui um excelente recurso para apresentar conteúdos online. Use gráficos, setas e bonecos para expor a informação online, captando, assim, a atenção do leitor.

3. Contar histórias online através dos estudos de caso

Sabemos que o seu produto é o melhor do mundo! No entanto, os utilizadores precisam de provas. Opte por contar uma história para falar dos sucessos e vitórias conquistados. Use exemplos práticos, nomeie clientes. Faça com que o público se identifique e mantenha-o interessado.

4. Fazer listas para a Internet

conteudo-blog

Todos adoramos listas – e o Google ainda mais! Sobretudo top 10! Crie listas com números simbólicos (1, 2, 3,…). E na hora de apresentar resltados, o nosso amigo Google parece gostar muito do 10. Por isso, fale das dez melhores ferramentas, dos 10 produtos mais populares, das 10 coisas a fazer, enfim: adapte a lista ao produto…. as possibilidades de conteúdo online são infinitas.

5. Publicar vídeos online

conteudo-online

Cada vez mais, as marcas apostam em vídeos para se darem a conhecer e apresentarem os produtos. Os vídeos têm a vantagem de ser fáceis de partilhar. E, se bem realizados, são um meio simples de digerir informação. De todos os conteúdos, é o que mais facilmente viraliza, ou seja, ao ser mais vezes partilhado nas redes sociais, tem também mais probabilidade de chegar a mais gente.

6. Usar memes e GIF’s

tipode-de-conteudo-online

Estar na Internet, significa também usar a sua linguagem e recursos. Os memes e os GIF’s são recursos ligeiros e divertidos, que ajudam a promover uma fácil interação com o público online e das que mais alimenta o marketing viral. Quem é que resiste a um meme do Jorge Jesus ou um GIF de gatinhos fofos?! Várias empresas começam a apostar em criar os seus próprios memes e GIF’s, introduzindo o logo da empresa. Nada como um pouco de publicidade subliminar, não é verdade?

7. Falar através das imagens

estrategia-de-conteudo

Se as infografias juntam informação e imagem/ilustrações; as imagens falam por si só, dispensando informação escrita. As imagem fazem também parte do processo de comunicação. E se é verdade que são informativas, também não é menos verdade que a sua primeira funação online é de seduzir. Use imagens com boa resolução e leves, para evitar que demorem muito a carregar. Os utilizadores procuram cada vez mais imagens autenticas. Por isso, não tenha receio de partilhar imagens do seu ambiente de trabalho e até fotografias mais pessoais.

8. Criar podcasts

Tem algo a dizer? Então, comece a graver e a falar. Depois suba o seu podcast no iTunes ou no Soundclound e partilhe-o nas redes sociais. Os podcasts são cada vez mais populares, pois ao contrário do texto, não requerem grande atenção. Isto é, pode estar a trabalhar ou no transito e ouvir um podcast, certo?

9. Usar o webinar para divulgar ideias

O webinar é uma forma de conferência, onde clicando um link ou através de uma aplicação, o público poderá assistir a uma video-conferencia em direto. A maioria das intervenções num webinar, limitam-se ao chat, onde o público conversa e trocar ideias, podendo fazer perguntas ao palestrante em tempo real.

10. Publicar entrevistas online

Sim, o mercado é online, mas humanizar o produto é essencial. Como? Entreviste pessoas da área. Entreviste trabalhadores da empresa. Entreviste clientes. Os entrevistados estarão a dar a cara pela empresa/marca/produto e conferindo credibilidade ao seu produto.

11. Publicar um Ebook online

Prepare informação útil para o seu publico e disponibilize-a online, em formato de livro – gratuitamente ou não, a opção é sua. O ebook é um meio ideal, além de ser barato e fácil de executar, para criar a relação com um público interessado em aprofundar um tema. Crie conteúdo relevante, que o seu publico não possa recusar e converta-o num LEAD. Ah, e torne-se um guro!

12. Criar tutoriais online

marketing-de-conteudo

Tutoriais são textos ou vídeos que ensinam o publico a fazer algo. Pode ser, como instalar uma app; como usar um site ou como cozinhar um Bacalhau com Natas. O que importa é que mantenha o espirito educativo, ensinado algo ao utilizador.

13. Apostar em artigos online escritos por convidados

conteudos-blog

Convide outras pessoas a escrever para o seu site/blog. Os influencers são um bom meio de conseguir mais público, atraindo, assim, novos utilizadores. Use a credibilidade, carisma e popularidade uma super star da Internet para reforçar a confiança no seu público.

14. Emissão de comunicados oficiais

Use o seu próprio espaço para comunicar noticias institucionais e de relevo para a sua empresa/produto. Faça do seu site a fonte oficial… se você não falar de si, quem falará?

15. Apostar em jogos (quiz, testes de personalidade, etc.)

Segundo uma análise do site BuzzSumo a cerca de 100 milhões de artigos e conteúdos online, 8 de 10 partilhas online eram de conteúdo em formato de quiz – jogos, testes de pergunta resposta, etc.. Parece que amigos gostam de partilhar jogos com os amigos, para depois comparar resultados e comenta-los – e fazendo deste tipo de conteúdo online um dos mais populares!

16. Apostar mais em passatempos e concursos online

importancia-marketing-de-conteudo

Quem é que não gosta de premidos ou de ganhar algo? Se opta por criar um concurso um passatempo online (seja no site ou redes sociais), deixe bem claro que marca é a sua e os produtos que tem. Evite polémicas online, deixando as regras claras e optando por criar concursos/passatempos que beneficiem a sua marca de alguma forma – mais Likes, aumento do tráfego online, etc.

17. Apresentar imagens online através do slideshare

Tal como o nome indica, este recuso resume-se à partilha de imagens em diversos diapositivos. Pode ser usado para inspirar, mas também para contar historias e partilhar informação. Além disso, são um excelente recurso para criar material educativo, fazendo recordar as apresentações de Power Point dos tempos de escola.

18. Publicar críticas, avaliações e recomendações de especialistas

Hoje em dia, antes de usar o produto X ou comprar o Y, os utilizadores fazem a sua própria pesquisa de mercado. Eles googlam, comparam produtos e, claro, querem saber o que dizem os outros sobre o artigo que lhes interessa. Incentive este tipo de acções, interagindo com os comentários existentes e convidando quem entende da coisa, a experimentar e a opinar.

19. Usar os seus dados e criar as suas próprias estatísticas

marketing de conteudos exemplos

A melhor forma de conhecer o seu publico é: 1) olhar para os dados e analisar e 2) perguntar-lhes. Não tenha receio em interagir com a audiência e perguntar o que quer e precisa de saber: quem são? Do que gostam? Produtos favoritos? Sugestões? Depois partilhe online as conclusões, promovendo uma discussão saudável e promovendo um sentimento de identificação e de grupo. Ao ver os traços comuns que os unem em redor do seu site/produtos, irá contribuir para que os utilizadores se sintam parte de uma comunidade, criando e fortalecendo laços.

20. Ajudar o seu público, publicando templates na Internet

Ajude o público, criando documentos que lhes podem ser úteis. Imaginemos que trabalha para uma empresa de Recursos Humanos. Por que não disponibizar exemplos de cv e respetivos templates, prontos para serem adaptados por alguém que procure um? Seja construtivo e promova boas práticas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>