Marketing digital e restauração

marketing digital e restauração

Aliar marketing digital e restauração

Quando falamos de marketing digital e restauração, falamos de medidas e estratégias que podem ser usadas para promover e divulgar o seu negocio através da Internet. Não importa se tem um restaurante, um bar, uma padaria ou café, em se tem uma cadeia ou uma pequena pastelaria de bairro! Em qualquer um destes casos, o marketing digital pode (e deve) ser um aliado para promover o seu negócio, fidelizando clientes e conquistando novos!

Hoje em dia “estar na Internet” é essencial, pois é lá que estão também os seus clientes. Logo apostar em marketing digital é essencial. Veja, então, o que pode ser feito quanto a marketing digital e restauração.

1. 🗺️ Reclamar o seu estabelecimento no Google Maps

O Google Maps é das ferramentas online mais populares. Se no Google pesquisar por “restaurantes em Faro”, entre várias opções de pesquisas, vai ver também o Google Maps a apresentar uns quantos locais, certo?

Assim sendo, abra o Google Maps, procure a sua morada e se já houver referência ao seu estabelecimento, reclame-o, dizendo ao Google que é o dono. Caso o seu espaço ainda não apareça, ponha-o no mapa.

Assim que se afirmar como dono, o Google vai-lhe fazer umas quantas perguntas e inclusive enviar-lhe o código para validar a autenticidade do espaço. Siga cuidadosamente todos os passos. Posto isto, lembre-se de completar todos os campos e actualizar a informação sempre que necessário – horários, morada, métodos de pagamento, site, etc. Quanto mais informativo, melhor – para o seu negócio e para os seus potenciais clientes. Aproveite ainda para introduzir fotos do menu, assim como do espaço.

Para terminar, não se esqueça que qualquer pessoa pode deixar um comentário no Google Maps, assim como dar a sua avaliação e adicionar fotos. E isto, funciona para o bem e para o mal. Ou seja, se um cliente descontente escrever uma crítica negativa, ela ficará online para todo o sempre. Nesses casos é importante que saiba lidar com uma crítica negativa. Responda, seja cordial e tente perceber o que se passou. É um facto: muitas vezes, há críticas que roçam o ridículo, logo será muito fácil defender-se online. Todavia, seja sempre cordial e educado. Outros clientes vão ver também o que responde e com que tom.

2.💻 Criar um site

Hoje em dia, um bom site, com uma boa imagem é um excelente cartão de visita para qualquer tipo de negócio. Confere-lhe credibilidade e profissionalismo. Invista no seu negócio, criando um site profissional bonito e aperitivo – afinal, na restauração, os olhos também comem (e muito).

Quanto mais completo um site melhor. Contudo mesmo que crie um site básico, com preços, menu, horário, direcção e contactos já é uma mais-valia. Pode tornar o site mais complexo juntando-lhe aos imagens (do espaço e comida), um sistema para reservar online, uma área dedicada aos media (onde apresenta notícias sobre o seu espaço) e/ou até um blog, com notícias sobre o seu espaço, receitas e/ou sobre a região. Lembre-se marketing de conteúdos continua a ser uma estratégia (barata) de marketing digital bastante proveitosa a longo prazo.

Uma coisa é certa, seja qual for o tipo de site, é fundamental encontrar quem perceba de SEO, um bom programador que lhe crie um site rápido e amigo do utilizador, assim como um designer que trabalhe bem a imagem do seu espaço. Ou seja, rodeie-se de profissionais qualificados e que lhe mostrem resultados na hora de construir um site profissional!

3.👍 Redes sociais

De todas as redes sociais, o Facebook é sem dúvida a que melhor se qualifica para promover um negocio de restauração online. Inclusive, existem templates específicos que poderá usar, que lhe permitem adicionar um sistema de reservas através desta rede social.

Todavia, lembre-se que uma boa página de Facebook tem de saber comunicar com a audiência, fidelizando-a. Para isso, importa que crie uma página coerente com o seu negócio, publicando com frequência e entregando à sua comunidade conteúdos relevantes.

Por exemplo, use o Facebook para indicar o menu do dia, fazer promoções esporádicas, partilhar fotos de pratos, assim como do espaço e, claro, de alguns clientes e/ou ocasiões especiais. Partilhe imagens cuidadas e apelativas.

Além do Facebook, o Instagram e o Pinterest são redes sociais de eleição para promover negócios mais visuais. E quer algo mais visual do que um bonito prato de comida, um bolo de chocolate ou um cocktail? 

Como vê, marketing digital e restauração andam sim de mãos dadas! Contrate um gestor de redes sociais para lhe ajudar nesse campo.

4.🥘 Directórios de restauração 

Actualmente existem vários directórios de restauração, onde pode promover o seu restaurante ou bar. Pessoalmente, considero o Trip Advisor e o The Fork os mais relevantes para negócios de restauração em Portugal. 

  • Quanto ao Trip Advisor, este é um gigante de escala mundial. O seu poder é tão grande que, em termos de SEO, quando pesquisa um restaurante específico, muitas vezes encontra primeiro a página dele no Trip Advisor do que o site do mesmo. Tal acontece muitas vezes com o Facebook.  Quantas mais avaliações positivas conseguir, maior a visibilidade do seu espaço. Por essa razão, vários negócios de restauração incentivam os clientes a colocar um comentário no Trip Advisor (ou no Google Maps) oferecendo uma bebida ou uma sobremesa grátis.
  • Relativamente ao The Fork, este é um site com boa visibilidade em Portugal, particularmente nas grandes cidades como Lisboa ou Porto. A premissa é simples, quem faz a reserva por este site tem sempre algum desconto. Pode ser 10% ou a oferta de uma sobremesa. Enfim: isso é previamente estipulado com o site e os clientes não intervém nesse campo. Todavia, como todos sabemos, os portugueses adoooooram ofertas e promoções. Logo, este é um bom meio para divulgar o seu negócio. Tal como o Google Maps ou o Trip Advisor, também o The Fork possui uma sistema de avaliações. Além disso, aqui os clientes podem encontrar informação sobre o seu espaço – horários, menu, preços, fotos do espaço, etc.

5.👯‍♀️ Tenha aliados

Como se costuma dizer, quando é bom é bom, certo? Todavia, nenhum negócio pode sobreviver sozinho e ter clientes fiéis é essencial.

Além de manter os seus clientes (nesse sentido, as redes sociais são uma ferramenta crucial), é importante mostrar-se e dar-se a conhecer. Ora quanto a marketing digital e restauração, isso significa promover-se através de outros sites e publicações (como já referimos), assim como recorrer a campanhas com influenciares digitais. Ou seja, pessoas com exposição, que podem ajudar a promover o negocio online.

Outras dicas

Se vai apostar em marketing digital para promover o seu negócio de restauração, tenha em mente que não basta fazer por fazer: há que fazer bem. Nesse sentido, aqui ficam algumas dicas:

  • Boas fotografias: Quer do espaço, quer da comida ou das bebidas. Enfim: na área da restauração os olhos comem e importa inspirar desejo. Logo, aposte numa boa imagem, com fotografias de qualidade. Não exagere em filtros, nem publique imagens demasiado escuras ou borrosas. 
  • Imagem do negócio: Quando for criar o site, assim como posts para as redes sociais é importante que a imagem seja coesa. Ou seja, da escolha das cores ao logotipo, tudo tem de representar o restaurante, falando por ele. Por exemplo, não pode usar um logotipo de linhas de modernas, quando depois o seu restaurante é de comida caseira. 
  • Além disso, não é por ter uma tasca que a imagem não deve ser menos cuidada ou trabalhada. Cada negócio tem a sua essência e a imagem deve precisamente reflectir isso.

Mais importante: SEJA CONSTANTE E INSISTA

Pela minha experiência, começar a fazer é fácil. Contudo, muito rapidamente os donos dos negócios acabam por abandonar os sites (não os actualizando), as redes sociais (não postando com frequência) e ignorando os clientes – não respondendo às mensagens ou não interagindo. Erro crasso. No marketing digital, tal como na vida real, as relações constroem-se. Logo, é importante mostrar que “está ali” e ser uma presença constante na vida dos clientes já fidelizados. Faça-os recordar-se de si e dê-lhes atenção. Por exemplo, se o seu bar vai fechar no feriado, avise nas redes sociais. Se um cliente habitual escreve insatisfeito com a qualidade do peixe ao almoço, redima-se oferecendo-lhe o café e/ou a sobremesa na próxima visita

Ao fazê-lo está a cuidar daquele cliente, mas também a mostrar aos outros que se preocupa. Afinal, no marketing digital e restauração tudo está à vista de todos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>